09/10/2023

Penske Logistics comemora 25 anos no Brasil

 Penske Logistics comemora 25 anos no Brasil



A Penske Logistics, líder no fornecimento de soluções inovadoras para a cadeia de suprimentos e logística, comemorou, na semana passada, 25 anos no Brasil. O marco vem com quatro novos clientes importantes, de diferentes setores. A empresa encerrará 2023 com um crescimento de receita de dois dígitos, impactando as operações do próximo ano, e prevendo boas perspectivas com a retomada no volume de operações dos clientes, tanto no transporte quanto na armazenagem.


"Desde que a Penske chegou ao Brasil, em 1998, temos investido constantemente em tecnologia, instalações, contratações e treinamento de funcionários. Nossa estratégia asset light, que aloca a maior parte dos investimentos em soluções tecnológicas, foi fundamental para nos mantermos em evidência em um mercado altamente competitivo como o de operações logísticas, com benefícios tangíveis para nossos clientes: redução de custos, melhorias significativas na gestão de estoques e aumento da competitividade em relação aos concorrentes", afirma Paulo Sarti, diretor-presidente da Penske Logistics Brasil.


A empresa iniciou suas operações no Brasil em uma joint venture com a extinta Cotia Trading. Em 2005, a Penske comprou as ações restantes e se tornou a única proprietária do grupo. Em 2014, iniciou a implementação de seu modelo LLP (Lead Logistics Provider) no Brasil, o que já permitiu aos clientes uma redução de custos de transporte da ordem de milhões de reais por ano.


A empresa atende a todo o território nacional, empregando cerca de mil funcionários, com instalações concentradas em três estados estratégicos (São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná) e um espaço total de armazém de 340 mil metros quadrados. Este ano, a Penske investiu em um novo sistema WMS, para complementar suas soluções de gerenciamento de cargas, e está prestes a inaugurar um armazém multicliente, onde será possível armazenar e distribuir mercadorias de diferentes segmentos, oferecendo custos variáveis e compartilhados dependendo do volume, uma vantagem em relação àqueles que têm operações dedicadas, com custos fixos independentemente do volume.


Para Marc Althen, presidente global da Penske Logistics, que está em São Paulo para as comemorações dos 25 anos no Brasil e anúncios de conquistas, a empresa demonstrou uma resiliência incrível. "Apesar de todos os desafios da pandemia, continuamos a investir em nossos negócios, adaptando-nos às circunstâncias variáveis e mantendo um compromisso firme com nossos funcionários, clientes e objetivos estratégicos. Nosso esforço dedicado já se traduziu em resultados positivos", diz ele.


"Poucas empresas conseguem comemorar tanto tempo no Brasil sem o apoio total da equipe global e o investimento constante. Para se ter uma ideia, este ano atingimos uma das maiores taxas de renovação de contratos de nossa história, o que reforça nosso compromisso com o País. Toda a empresa está focada em gerar novos negócios, não apenas a área comercial, e isso tem feito a diferença", acrescenta Paulo.



Notícias Relacionadas
 GLP investirá R$ 2,1 bilhões em novos galpões logísticos no Brasil

12/07/2024

GLP investirá R$ 2,1 bilhões em novos galpões logísticos no Brasil

A multinacional GLP, de Cingapura, investirá R$ 2,1 bilhões entre 2024 e 2026 no Brasil para a construção de novos galpões logísticos, um movimento que reforça a aposta da companhia na e (...)

Leia mais
 Antonio Wrobleski, presidente da BBM Logística, destaca a transformação digital que impulsiona o crescimento

12/07/2024

Antonio Wrobleski, presidente da BBM Logística, destaca a transformação digital que impulsiona o crescimento

Desde suas origens, há 27 anos, a BBM Logística percorreu um longo caminho, firmando-se como uma das cinco maiores operadoras logísticas do Brasil e do Mercosul. Com uma frota de 4,5 mil (...)

Leia mais
 Associações pedem votação do PL do Hidrogênio antes do recesso parlamentar

11/07/2024

Associações pedem votação do PL do Hidrogênio antes do recesso parlamentar

Associações setoriais pediram aos deputados federais celeridade na votação do projeto de lei 2.308/2023, aprovado no Senado, que estabelece o marco legal para o hidrogênio de baixo carbo (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.