14/03/2024

Santos Brasil opera linha de longo curso semanal regular no Tecon Imbituba

 Santos Brasil opera linha de longo curso semanal regular no Tecon Imbituba



A Santos Brasil fechou um acordo de prestação de serviço com a CMA CGM e a Cosco para atender o serviço de longo curso New Brazex – que conecta o Golfo dos Estados Unidos, a América Latina e o Caribe – no Tecon Imbituba, terminal de contêineres operado pela Companhia no porto de Imbituba, em Santa Catarina. A primeira escala aconteceu na última semana, com o navio Hans Schulte.


O terminal, que já atendia um serviço de cabotagem com escala semanal, passa agora a atuar regularmente também com cargas de importação e exportação. A previsão é de que o novo serviço faça 52 escalas por ano em Imbituba, movimentando aproximadamente 80 mil TEUs. Com esse novo marco, Imbituba torna-se uma importante alternativa logística para o comércio exterior da região.


Para receber linhas de longo curso, a Santos Brasil vem ajustando procedimentos e processos de modo a atender as especificidades deste tipo de operação e está investindo cerca de R$ 26 milhões em sistemas, equipamentos e novos contratos de serviços.


O terminal de Imbituba atuará com dois portêineres ZPMC, 11 reach stackers e 20 caminhões para serviços internos. Todos os gates passarão a contar com OCR (optical character recognition), que permite maior eficiência e agilidade na recepção e dispersão dos contêineres; e mais de 20 coletores de dados foram comprados para dar maior precisão no posicionamento de pátio dos contêineres. Todos os sistemas estão sendo ajustados para garantir uma perfeita integração do terminal com os órgãos intervenientes; e os canais de atendimento ao cliente também foram reforçados de modo a aumentar a interação com diversas interfaces da Companhia.  


De acordo com Ricardo Buteri, diretor Comercial da Santos Brasil, a conquista de um serviço regular de longo curso possibilita a ampliação dos investimentos da Companhia no porto de Imbituba, promovendo um crescimento contínuo e sustentável do terminal. “Linhas regulares trazem previsibilidade e estabilidade à operação e viabilizam a oferta de um serviço confiável, eficiente e com elevado nível de produtividade”, diz.



Notícias Relacionadas
 Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

13/06/2024

Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

Indústrias no Rio Grande do Sul estão retornando paulatinamente a sua produção anterior às enchentes que assolaram o Estado no início de maio. Para uma retomada plena, no entanto, as emp (...)

Leia mais
 DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

11/06/2024

DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

A DHL Express está investindo R$ 23 milhões em um novo Gateway no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). Este novo centro de processamento de cargas importadas será o maior da DHL Expr (...)

Leia mais
 Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

11/06/2024

Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

Pelo segundo ano consecutivo, a Tegma Gestão Logística elaborou e apresenta ao mercado seu Relatório Integrado, relacionando em detalhes as ações desenvolvidas pela companhia em sustenta (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.