16/02/2022

Associadas levam conhecimento e experiência à ABOL

 Associadas levam conhecimento e experiência à ABOL


O crescimento e a ampliação dos projetos desenvolvidos pela ABOL contam com a participação das empresas que compõem o quadro associativo da entidade. Atualmente, 30 Operadores Logísticos são filiados e cada nova parceria firmada reflete a certeza de que a ABOL está cumprindo com a sua missão de ampliar o entendimento sobre a atividade, tornando-a mais acessível, além de colaborar com soluções de cunho governamental e institucional para o crescimento do mercado. Não é à toa que os últimos meses foram marcados pela chegada de novos parceiros.

A mais nova integrante do grupo é a Bravo Serviços Logísticos, que oficializou a sua participação no início deste mês. A empresa é especializada no armazenamento e transporte de agroquímicos, complementando a diversidade de nichos que compõem o time societário da ABOL.\
\
Também recém chegadas, Luft e a Kothe se associaram à ABOL no final de 2021.

A Luft conta com 30 unidades no Brasil e as suas linhas de negócios são agronegócio, e-commerce e healthcare. "A Luft se orgulha de se associar à ABOL", disse o CEO da Luft Healthcare Logistics, José Roberto Corrales.

Já a Kothe atua transportando, armazenando e distribuindo desde a matéria-prima para a industrialização, insumos para a produção, produto acabado para redes atacadistas e varejistas, logística de recebimento de mercadoria, entre outros serviços. "É com grande satisfação que nos associamos à ABOL, uma entidade que zela pela imagem do setor no País", afirmou o CEO da empresa, Ademir Kothe.

Para a diretora Executiva da ABOL, Marcella Cunha, é gratificante observar o interesse de grandes empresas em caminhar ao lado da Associação. "São operadores logísticos importantes para o mercado e para o abastecimento do Brasil e que já estão agregando valor aos debates e contribuindo com os trabalhos da associação com sua vasta experiência e conhecimento. Um setor forte precisa do engajamento de todos os envolvidos e essas empresas vieram para somar".

Notícias Relacionadas
 Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

26/01/2023

Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

O setor de galpões logísticos e industriais do país teve um 2022 intenso em novas entregas. Segundo a consultoria JLL, o novo volume que chegou ao mercado no ano passado foi de 3,1 milhõ (...)

Leia mais
 ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

24/01/2023

ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a alteração semestral do piso mínimo de frete rodoviário, proposto pelo Anexo II da Resolução 5.867/2020 instituído pela Polít (...)

Leia mais
 CNT divulga análise sobre o orçamento público para infraestrutura de transporte em 2023

24/01/2023

CNT divulga análise sobre o orçamento público para infraestrutura de transporte em 2023

Pela primeira vez em anos, a programação de investimentos públicos destinados ao transporte foi elevada consideravelmente. O orçamento da União para o setor em 2023 é de R$ 18,7 bilhões, (...)

Leia mais

© 2023 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.