06/03/2024

Renan Filho debate a importância da conectividade entre modais para impulsionar logística no Brasil

 Renan Filho debate a importância da conectividade entre modais para impulsionar logística no Brasil



Com o objetivo de discutir o potencial de integração entre os modais rodoviário, ferroviário, hidroviário e aéreo, o ministro dos Transportes, Renan Filho, participou nesta terça-feira (5) da Intermodal South America, em São Paulo (SP). O evento reúne gestores públicos, empresários e pesquisadores da área para tratar de medidas a fim de alcançar uma cadeia logística mais eficiente e sustentável.


A pauta é de extrema relevância para o Brasil, que bateu recorde de exportações em 2023, com US$339,7 bilhões, um crescimento de 1,7% em relação a 2022, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços. “Esse crescimento significativo, tanto nos investimentos públicos quanto nos privados, gera emprego no curto prazo e cria uma externalidade positiva para ajudar na competitividade de praticamente todos os outros setores da economia, dado que a infraestrutura é um ponto fundamental para o funcionamento logístico de um país, de um negócio, cidade ou estado”, afirmou o ministro dos Transportes, Renan Filho.


De acordo com ele, o papel do Brasil é de destaque no cenário internacional, como um dos principais destinos do mundo para investimentos privados. “Isso ocorre porque os nossos projetos são rentáveis, somos um país tão pujante, que é capaz de sermos o maior produtor de grãos do mundo e, de um ano para o outro, crescermos quase 20%. Ou seja, somente o crescimento de 2022 para 2023, o nosso crescimento já é superior a produção da maior parte dos países do mundo”, detalhou


Integração


Estudos apontam que a integração dos modais pode reduzir os custos logísticos em até 30%. Isso ocorre devido à otimização das rotas e à melhor utilização dos recursos disponíveis. Além disso, a diversificação dos modos de transporte contribui para a redução dos impactos ambientais, como a emissão de gases de efeito estufa. Nesse sentido, o Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, continua apostando na retomada dos investimentos públicos somada à atração de capital privado para impulsionar o setor logístico.


“Este evento é uma oportunidade de discutir esses cenários com as empresas que podem levar o país a cumprir um papel melhor em logística nos transportes rodoviário, ferroviário, aeroportuário e portuário. Antecipar os passos para os investimentos futuros, certamente vai ajudar o Brasil a avançar”, concluiu o ministro.


Para celebrar a parceria entre os setores, durante o evento, foi assinado um acordo de cooperação técnica que prevê o compartilhamento de dados para capacitação profissional e realização de ações conjuntas entre público e privado. Integram a parceria a Infra S.A., empresa vinculada ao Ministério dos Transportes; o MoveInfra, formada por seis grandes grupos de infraestrutura do país; e o Sistema Transporte – Confederação Nacional do Transporte (CNT), Serviço Social do Transporte (SEST), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e Instituto de Transporte e Logística (ITL).


A Infra S.A., por meio do Observatório Nacional de Transporte e Logística – plataforma que reúne dados e produz informações sobre o setor de transportes –, realizará o mapeamento georreferenciado dos empreendimentos de infraestrutura e mapear as atividades de educação fornecidas pelo Sistema Transporte.


Intermodal South America


Além de Renan Filho, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, participou do evento, que chega à 28ª edição e reúne profissionais da área de logística, que procuram por soluções, conteúdos e relacionamento com companhias nacionais e internacionais.


Entre os principais temas estão:


- Estratégia, gestão e operações


- Tecnologia, inovação e intralogística


- Transporte multimodal


- Mercado e comércio exterior


Fonte: Minfra



Notícias Relacionadas
 Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

13/06/2024

Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

Indústrias no Rio Grande do Sul estão retornando paulatinamente a sua produção anterior às enchentes que assolaram o Estado no início de maio. Para uma retomada plena, no entanto, as emp (...)

Leia mais
 DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

11/06/2024

DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

A DHL Express está investindo R$ 23 milhões em um novo Gateway no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). Este novo centro de processamento de cargas importadas será o maior da DHL Expr (...)

Leia mais
 Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

11/06/2024

Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

Pelo segundo ano consecutivo, a Tegma Gestão Logística elaborou e apresenta ao mercado seu Relatório Integrado, relacionando em detalhes as ações desenvolvidas pela companhia em sustenta (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.