01/02/2022

DHL já entregou mais de 1 bilhão de doses da vacina contra a Covid-19 no mundo

 DHL já entregou mais de 1 bilhão de doses da vacina contra a Covid-19 no mundo


Desde que foi iniciada a campanha global de vacinação contra a Covid-19, em dezembro de 2020, a DHL distribuiu mais de 1 bilhão de doses da vacina para mais de 160 países.

A DHL Global Forwarding e a DHL Express foram encarregadas de transportar as vacinas em várias rotas da Europa e de outras origens para países da Ásia-Pacífico, América do Sul e Europa. Já a DHL Supply Chain é responsável pelo armazenamento e pela distribuição local adequada das vacinas em vários locais da Alemanha e também no estado de São Paulo.

“Ficamos muito honrados por estarmos fazendo a nossa parte, gerenciando e operando com maestria diferentes tipos de instalações de supply chain, sem interrupções na cadeia fria e sem incidentes de segurança”, comemora Katja Busch, diretora Comercial da DHL. “Estamos trabalhando em vários tipos de instalações da cadeia de suprimentos e gerenciando distribuições diretas em alguns países. Implementamos novos serviços dedicados e confiáveis ​​em uma velocidade bastante acelerada para enviar vacinas altamente sensíveis à temperatura, bem como suprimentos auxiliares e kits de teste. Em linha com nosso propósito de conectar pessoas e melhorar vidas, continuaremos disponibilizando ao mundo nossa infraestrutura de cadeia fria, nossa rede global resiliente, nossos profundos conhecimentos de logística farmacêutica e a experiência do nosso pessoal”.

“Nossa vantagem é que já tínhamos uma rede sofisticada instalada, com a experiência necessária na área da saúde. Isso nos permitiu reagir rapidamente”, explica Claudia Roa, presidente de Life Sciences & Healthcare da DHL Customer Solutions & Innovation. “Nós entregamos as vacinas em recipientes térmicos equipados com rastreadores de temperatura por GPS de última geração a fim de garantir temperaturas consistentes e fornecer transparência total durante todo o percurso”.

“Fazer a diferença de modo significativo é o que nos motiva, e ficamos muito orgulhosos pela nossa contribuição na enorme tarefa de entregar vacinas da Covid-19 e suprimentos médicos essenciais relacionados nos lugares certos, na hora certa, em todo o mundo”, afirma Thomas Ellmann, cice-presidente de Life Sciences & Healthcare da DHL Customer Solutions & Innovation. “A situação atual da Covid-19 demonstra claramente que a colaboração entre governos e ONGs, empresas farmacêuticas, fabricantes de equipamentos médicos e empresas de logística é a única maneira eficaz de combater pandemias no presente e no futuro”.



Fonte: Tecnologística

Notícias Relacionadas
 Busca por motoristas profissionais é foco das transportadoras em 2023

27/01/2023

Busca por motoristas profissionais é foco das transportadoras em 2023

Um dos desafios que as transportadoras estão enfrentando no transporte rodoviário de cargas (TRC) é a falta de motoristas profissionais. Segundo a Pesquisa CNT Perfil Empresarial, em 202 (...)

Leia mais
 Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

26/01/2023

Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

O setor de galpões logísticos e industriais do país teve um 2022 intenso em novas entregas. Segundo a consultoria JLL, o novo volume que chegou ao mercado no ano passado foi de 3,1 milhõ (...)

Leia mais
 ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

24/01/2023

ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a alteração semestral do piso mínimo de frete rodoviário, proposto pelo Anexo II da Resolução 5.867/2020 instituído pela Polít (...)

Leia mais

© 2023 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.