11/02/2022

"#ConselheirosdaABOL"

 "#ConselheirosdaABOL"


Muitas empresas e instituições contam com um Conselho Deliberativo, órgão colegiado com poder decisório sobre as ações da administração. O grupo determina estratégias para serem colocadas em prática. Trata-se de uma função extremamente importante para qualquer tipo de negócio ou entidade.

​Hoje, vamos apresentar o 1° vice-presidente do Conselho Deliberativo da ABOL, Maurício Barros. À frente da DHL Supply Chain Brasil desde 2017, o empresário foi também presidente do Conselho da Abol de 2019 a 2021. Seu ingresso na DHL aconteceu em 2002 e, desde então, ocupou diversos cargos nas áreas de finanças, desenvolvimento de negócios e operações.

Em 2010, tornou-se vice-presidente de finanças para a América Latina, trabalhando na sede da empresa, localizada nos EUA. Em 2013, Barros retornou ao Brasil com o cargo de vice-presidente de operações dos setores automotivo, varejo e consumo, onde permaneceu até a promoção a presidente em 2017.

"Em 2022, creio que as principais questões a serem discutidas no setor sejam o desenvolvimento da flexibilidade, agilidade e resiliência para enfrentarmos as volatilidades do mercado e o avanço da maturidade digital na logística. O avanço do projeto de lei que cria a figura do operador logístico é também fundamental para o setor, pois irá reduzir burocracias, aumentar a segurança jurídica e propiciar um ambiente que possa criar novas oportunidades de negócios".

Notícias Relacionadas
 Busca por motoristas profissionais é foco das transportadoras em 2023

27/01/2023

Busca por motoristas profissionais é foco das transportadoras em 2023

Um dos desafios que as transportadoras estão enfrentando no transporte rodoviário de cargas (TRC) é a falta de motoristas profissionais. Segundo a Pesquisa CNT Perfil Empresarial, em 202 (...)

Leia mais
 Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

26/01/2023

Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

O setor de galpões logísticos e industriais do país teve um 2022 intenso em novas entregas. Segundo a consultoria JLL, o novo volume que chegou ao mercado no ano passado foi de 3,1 milhõ (...)

Leia mais
 ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

24/01/2023

ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a alteração semestral do piso mínimo de frete rodoviário, proposto pelo Anexo II da Resolução 5.867/2020 instituído pela Polít (...)

Leia mais

© 2023 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.