08/03/2021

Com crescimento menor que correntes, B2W mira marketplace

 Com crescimento menor que correntes, B2W mira marketplace


A B2W, dona da Americanas.com e do Submarino, entende que precisa crescer mais e está “endereçando alguns pontos”, com retornos já observados no começo do ano, disse o presidente Marcio Cruz, em teleconferência com analistas nesta sexta-feira. “Um desses pontos é crescimento porque entendemos que é possível crescer mais quando olhamos para outros ‘players’, então definimos ações para identificar oportunidades”, disse.

Entre esses pontos estão também se expandir mais no “marketplace”, operação de venda de itens de lojistas, disse o executivo. Analistas já tinham ressaltado taxa de crescimento menor da empresa em relação a outros concorrentes. No volume transacionado pelas plataformas da empresa (GMV, que trata do conjunto de itens vendidos de lojistas e da empresa multiplicado pelo preço ao cliente), a alta no quarto trimestre foi de 38,2%. O Mercado Livre cresceu 84% e Via Varejo, 31%. O Magazine Luiza publica seus números no dia 8.

“Temos focado mais na expansão da plataforma \[de marketplace] esse ano. Já vemos desempenho bastante forte”, disse. O GMV subiu 83% em janeiro e 90% em fevereiro, informou no material de resultados, antecipando esse dado do primeiro trimestre.

Outro aspecto que a empresa entende que tem que evoluir é a experiência do cliente nas plataformas na hora da compra. “Queremos uma experiência com menos fricção e mais fluída.”

Na avaliação do comando, os dados de janeiro e fevereiro mostram que a empresa cresce acima do mercado e está ganhando participação, enquanto há uma desaceleração de outras empresas.

Sobre as últimas ações que foram implantadas, a empresa citou a política de frete grátis para compras acima de R$ 100, iniciada em fevereiro, e atrelada a nível de serviço dos lojistas nas plataformas.

Como o Valor antecipou no começo de fevereiro, há três novas ações centrais, na relação comercial e de comunicação com os varejistas. Além do frete grátis atrelado a condições, ela deixará de cobrar dos lojistas a taxa de comissão sobre venda cancelada e também aboliu a taxa de comissão sobre o valor do frete (isso passa a ter um preço fixo).

Ainda hoje, a companhia atualizou dados sobre suas entregas de produtos pelo marketplace, por meio de sistema próprio de logística. Cerca de 11% dos pedidos foram entregues em 3 horas no quarto trimestre. As entregas em até 24 horas representaram 40% do total no trimestre.

A receita líquida de outubro a dezembro totalizou R$ 3,3 bilhões, crescimento de 50%. A B2W teve lucro líquido de R$ 15,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo o prejuízo de R$ 22,3 milhões registrado no mesmo período de 2019.

Notícias Relacionadas
 Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

13/06/2024

Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

Indústrias no Rio Grande do Sul estão retornando paulatinamente a sua produção anterior às enchentes que assolaram o Estado no início de maio. Para uma retomada plena, no entanto, as emp (...)

Leia mais
 DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

11/06/2024

DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

A DHL Express está investindo R$ 23 milhões em um novo Gateway no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). Este novo centro de processamento de cargas importadas será o maior da DHL Expr (...)

Leia mais
 Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

11/06/2024

Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

Pelo segundo ano consecutivo, a Tegma Gestão Logística elaborou e apresenta ao mercado seu Relatório Integrado, relacionando em detalhes as ações desenvolvidas pela companhia em sustenta (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.