24/01/2023

CNT divulga análise sobre o orçamento público para infraestrutura de transporte em 2023

 CNT divulga análise sobre o orçamento público para infraestrutura de transporte em 2023



Pela primeira vez em anos, a programação de investimentos públicos destinados ao transporte foi elevada consideravelmente. O orçamento da União para o setor em 2023 é de R$ 18,7 bilhões, montante triplicado em relação à proposta inicial, enviada pelo Poder Executivo ao Congresso Nacional em agosto do ano passado. 


O feito contou com forte atuação da Confederação Nacional do Transporte (CNT), que mobilizou parlamentares e a equipe de transição do governo e alertou sobre os impactos decorrentes das sucessivas reduções de investimento que o setor vem acumulando em anos. 


Agora, um dos grandes desafios diz respeito à execução desses montantes. Há duas preocupações para o setor transportador. A primeira delas diz respeito a incerteza no desembolso do recurso. Ou seja, como os investimentos são a principal parcela de despesas discricionárias do governo, tendem a ser a primeira linha de corte e contingenciamento em caso de ajustes orçamentários. 


Outro receio está relacionado à nova estrutura ministerial no atual governo, que dividiu o Ministério da Infraestrutura em dois. É necessário dar celeridade a toda reestruturação de processos e pessoal, para que as obras previstas sejam iniciadas o mais brevemente possível. Os detalhes estão no Radar CNT do Transporte – LOA 2023, publicado pela CNT nesta segunda-feira, 23.


Acesse o Radar CNT do Transporte – LOA 2023


Fonte: CNT



Notícias Relacionadas
 Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

26/01/2023

Demanda por galpões deve se acomodar em 2023

O setor de galpões logísticos e industriais do país teve um 2022 intenso em novas entregas. Segundo a consultoria JLL, o novo volume que chegou ao mercado no ano passado foi de 3,1 milhõ (...)

Leia mais
 ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

24/01/2023

ANTT sanciona reajuste de 8,35% a 13,19% no piso mínimo de frete rodoviário

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a alteração semestral do piso mínimo de frete rodoviário, proposto pelo Anexo II da Resolução 5.867/2020 instituído pela Polít (...)

Leia mais
 Setor logístico sai otimista da primeira reunião com alto escalão do governo

23/01/2023

Setor logístico sai otimista da primeira reunião com alto escalão do governo

O custo do diesel continua no centro das preocupações do setor logístico brasileiro, mas a pauta de pleitos inclui a desburocratização fiscal, a regulamentação da ati (...)

Leia mais

© 2023 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.