10/10/2023

Bravo Serviços Logísticos apresenta Relatório de Sustentabilidade 2022

 Bravo Serviços Logísticos apresenta Relatório de Sustentabilidade 2022



A Bravo Serviços Logísticos, referência no atendimento logístico de armazenamento e distribuição de insumos para o mercado agrícola, acaba de lançar seu Relatório de Sustentabilidade 2022, seguindo as diretrizes do Global Reporting Initiative (GRI). No relatório são apresentadas ao mercado como a sua gestão evoluiu em 2022 e de que forma a empresa tem percorrido sua jornada ESG, integrando aspectos ambientais, sociais e de governança a sua estratégia de negócios.


O documento ainda reforça as oportunidades e desafios que a empresa encontrou ao longo do ano, como o amadurecimento de seu modelo de governança corporativa; os avanços que registrou na implantação de critérios ESG em suas atividades; e o aprimoramento contínuo da qualidade de seus serviços. “Essa evolução permitiu à empresa manter em 2022 sua trajetória de crescimento e possibilita a adoção de mais avanços – sempre de forma sustentável e focada nas necessidades dos clientes –, que são a razão de ser da Bravo”, afirma Marcos Azevedo, Head de Sustentabilidade da Bravo Serviços Logísticos.


Sustentabilidade


Desde 2017, a Bravo é signatária do Pacto Global da ONU, assinando anualmente o compromisso de apoio aos dez Princípios que o compõe. Além disso, é avaliada pela Ecovadis, plataforma colaborativa que permite o monitoramento do desempenho em sustentabilidade, sobre a qualidade do sistema de gestão de Responsabilidade Social Empresarial (RSE). Por meio da plataforma, monitora o desempenho e as ações de melhoria da cadeia de seus fornecedores.


A empresa ainda realiza o Programa Baixo Carbono, que tem como compromisso reduzir significativamente a emissão de CO2 na distribuição até 2028 (ano-base 2022); a Turma da Árvore, que refloresta e recupera áreas desmatadas com o objetivo de compensar emissões de gases do efeito estufa, plantou 60 mil árvores - 20% a mais em relação a 2021; a incorporação de caminhões movidos a gás natural à frota; e outros projetos de energia sustentável, gestão hídrica, gerenciamento de resíduos, educação ambiental e a produção anual do Relatório de Sustentabilidade (GRI).


Governança Corporativa


A companhia iniciou a estruturação de seu arcabouço de governança corporativa em 2021, com a finalidade de adotar as melhores práticas – baseadas em transparência na disponibilização de informações às diversas partes interessadas; tratamento justo e isonômico a todos; prestação de contas; e responsabilidade corporativa.


Outro passo importante realizado no ano será a definição da implantação, em 2023, do Conselho Consultivo, o qual terá dois conselheiros externos. A previsão é que, a partir de 2024, o Conselho Consultivo se torne um Conselho Deliberativo. Para garantir maior autonomia nas decisões, foram criadas ao longo deste ano as diretorias Comercial, Financeira e a de Operações, além dos comitês Fiscal e de Gente.


Confira o relatório na íntegra: https://bravolog.com.br/sustentabilidade/


Fonte: Bravo



Notícias Relacionadas
 GLP investirá R$ 2,1 bilhões em novos galpões logísticos no Brasil

12/07/2024

GLP investirá R$ 2,1 bilhões em novos galpões logísticos no Brasil

A multinacional GLP, de Cingapura, investirá R$ 2,1 bilhões entre 2024 e 2026 no Brasil para a construção de novos galpões logísticos, um movimento que reforça a aposta da companhia na e (...)

Leia mais
 Antonio Wrobleski, presidente da BBM Logística, destaca a transformação digital que impulsiona o crescimento

12/07/2024

Antonio Wrobleski, presidente da BBM Logística, destaca a transformação digital que impulsiona o crescimento

Desde suas origens, há 27 anos, a BBM Logística percorreu um longo caminho, firmando-se como uma das cinco maiores operadoras logísticas do Brasil e do Mercosul. Com uma frota de 4,5 mil (...)

Leia mais
 Associações pedem votação do PL do Hidrogênio antes do recesso parlamentar

11/07/2024

Associações pedem votação do PL do Hidrogênio antes do recesso parlamentar

Associações setoriais pediram aos deputados federais celeridade na votação do projeto de lei 2.308/2023, aprovado no Senado, que estabelece o marco legal para o hidrogênio de baixo carbo (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.