16/05/2024

BBM Logística melhora Ebitda e avança em carga e comércio eletrônico no primeiro trimestre

 BBM Logística melhora Ebitda e avança em carga e comércio eletrônico no primeiro trimestre



A BBM Logística (BBML3) continua avançando na melhoria contínua da eficiência operacional e no aumento da rentabilidade do negócio.


A companhia, que é uma das maiores operadoras logísticas rodoviárias do Brasil, encerrou o primeiro trimestre de 2024 (1T24), com um Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) de R$ 28,4 milhões, 7,2 % superior ao mesmo trimestre do ano passado.


Os destaques nos primeiros três meses deste ano foram os segmentos de carga fracionada e e-commerce, que tiveram alta de 14,2%, comparado com o 1T23. De acordo com a operadora logística esses dois setores indicam uma perspectiva positiva para os próximos trimestres.


A receita líquida consolidada atingiu R$ 352 milhões no 1T24, 11,3% menor que a de 1T23. Segundo a empresa, isso ocorreu devido à redução da operação de dedicados no segmento florestal e o "churn" forçado de clientes em carga fracionada.


Ao longo do 1T24, a BBM conquistou 446 novos clientes, totalizando um faturamento na ordem de R$ 8 milhões.


A margem bruta foi de 5,1%, número que está em linha com a estratégia da companhia para continuidade da melhoria operacional. A empresa teve uma evolução de 45% na margem do 1T24, comparada ao 4T23 e muito similar à margem bruta do 1T23, que apresentou uma receita líquida superior.


"O aumento do Ebitda é fruto das ações comerciais, "cross-selling" e, principalmente, dos esforços na continuidade da melhoria operacional e da rentabilidade", aponta Antonio Wrobleski, presidente da BBM Logística.


A geração operacional de caixa da BBM ficou em R$ 49,7 milhões, 137% superior ao 1T23, em função dos projetos de melhoria de processos, otimização da estrutura organizacional e aumento de produtividade.


O presidente da BBM afirma que apesar de todas as dificuldades enfrentadas nos últimos trimestres, está confiante para dar continuidade à estratégia de crescimento sustentável da receita operacional líquida, da melhoria das margens, do ganho de eficiência e do reforço da nossa estrutura de capital.


Para os próximos trimestres a BBM mira continuar negociando o alongamento de prazos de pagamentos e melhores condições comerciais com seus fornecedores; intensificar a atuação para melhorar a base de clientes de forma a permitir a redução do prazo de recebimento e aumento do preço médio dos fretes; acelerar o projeto da plataforma digital; e garantir que todas as operações de carga fracionada estejam rodando na plataforma digital até o término do primeiro semestre de 2024.


Melhorias em andamento


Durante o primeiro trimestre, a BBM otimizou a estrutura organizacional da operação de dedicados no Florestal, reduzindo o tamanho da sua operação nesse segmento. A implantação da Torre de Controle continua em evolução e foram implantados controles mais rígidos sobre os custos com pneus, combustível e manutenção dos equipamentos.


Os treinamentos das equipes através dos programas de "kaizens" seguiram, além da implantação de um roteirizador próprio, que trará uma redução da quantidade de quilômetros rodados, com o mesmo volume, e do projeto de reorganização da malha logística e baricentro, que tem o objetivo de reduzir em até 25% os custos com armazéns logísticos e melhorar a eficiência e competitividade da rede logística.


Com relação às práticas ESG, a Companhia reafirma seu compromisso com os programas de redução de emissões de gás carbônico e práticas de diversidade e/ou inclusão e segue avançando o programa de formação de mulheres motoristas, os projetos de energia elétrica "limpa" para armazéns, dentre outros programas.


Fonte: Estadão Conteúdo



Notícias Relacionadas
 Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

13/06/2024

Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

Indústrias no Rio Grande do Sul estão retornando paulatinamente a sua produção anterior às enchentes que assolaram o Estado no início de maio. Para uma retomada plena, no entanto, as emp (...)

Leia mais
 DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

11/06/2024

DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

A DHL Express está investindo R$ 23 milhões em um novo Gateway no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). Este novo centro de processamento de cargas importadas será o maior da DHL Expr (...)

Leia mais
 Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

11/06/2024

Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

Pelo segundo ano consecutivo, a Tegma Gestão Logística elaborou e apresenta ao mercado seu Relatório Integrado, relacionando em detalhes as ações desenvolvidas pela companhia em sustenta (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.