13/02/2023

Programa de inovação aberta e aceleração abre inscrições para startups da vertical Supply Chain

 Programa de inovação aberta e aceleração abre inscrições para startups da vertical Supply Chain



As inscrições para o TechStart Supply Chain, programa de inovação aberta e aceleração correalizado pela Venture Hub e Aveso, estão abertas. O programa é destinado à startups com foco em soluções digitais para cadeia de Supply Chain e que tenham passado pelo processo de validação inicial do projeto, com equipes estruturadas e com pelo menos um Mínimo Produto Viável (MVP) testado e validado no mercado. Neste ano, dentre os temas que a jornada trabalhará, estão gerenciamento de operações logísticas, fluxo de informações, qualidade e monitoramento dos produtos ou serviços. As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de março no site do TechStart Supply Chain.


Com o propósito de atrair e escalar projetos e tecnologias de startups, o programa visa proporcionar para as participantes conexões, recursos e infraestrutura para que startups consigam desenvolver os seus modelos de negócios e identifiquem  oportunidades de parcerias. Para isso, a jornada oferece vantagens exclusivas para as logtechs e outras startups do setor, tais como interação com os especialistas de inovação da Venture Hub, conexão com representantes do ecossistema aberto de inovação, acesso a recursos, infraestrutura e modelos em plataformas de inovação e oportunidades de networking.  


“O propósito do TechStart é ajudar no desenvolvimento das startups, que elas começem a ganhar escala e que tenham um crescimento real no desenvolvimento de suas soluções e, principalmente, em seu negócio. Nosso objetivo é fazer com que elas atinjam esse crescimento significativo e que estejam preparadas para escalar ainda mais, tornando-se scale-ups”, explicou Maurício Duran, coordenador de Programas de Aceleração da Venture Hub.  


Entre fevereiro e março, serão realizados eventos online para apresentar o programa de aceleração e para tirar as dúvidas dos interessados em se inscrever para esta edição. Os eventos também terão a participação de startups que foram aceleradas em edições anteriores do programa TechStart Supply Chain, abordando a experiência no decorrer da jornada. 


Estrutura do programa


O TechStart Supply Chain está estruturado em duas etapas, Warm Up e Hardwork, respectivamente. A partir das informações preenchidas no formulário, que pode ser respondido até o dia 17 de março, o time TechStart fará uma seleção das startups que se destacaram no período de inscrição. As selecionadas serão convidadas a participar da fase Warm Up, com duração de 9 semanas. 


Nessa fase, as startups aprovadas serão apresentadas a conteúdos, atividades e ferramentas focadas em evolução modelo de negócios, proposta de valor, funil de vendas e preparação para investimentos, além de participarem de encontros presenciais e online. Os materiais que serão utilizados ao longo do Warm Up foram testados internamente e são compostos por metodologias e modelos criados para atender as necessidades do empreendedor e de sua equipe.  


No final dessa jornada de 9 semanas, a equipe TechStart realizará uma nova seleção, esta para a etapa TechStart Hardwork, com início previsto para julho. As aprovadas para a jornada de aceleração, baseada em inovação aberta, terão ao longo de 4 meses e meio mentorias com especialistas de inovação da Venture Hub e representantes do ecossistema, participação em eventos e workshops, conteúdos sobre patenteação, desenvolvimento tecnológico, captação de investimento e tração, dentre outros conteúdos e recursos que irão impulsionar o desenvolvimento das soluções e tecnologias das startups..


O objetivo é desenvolver nas startups a capacidade de resolver seus desafios e os problemas dos clientes de forma cíclica – criando, definindo, testando, observando os resultados, capturando mais dados, analisando e entendendo, desenvolvendo mais um pouco – com agilidade e sempre retornando ao mercado para validação, a partir do conceito de Lean Startup. 


“As startups podem esperar um acompanhamento muito próximo [na aceleração], em que elas irão trabalhar de maneira individual cada um de seus desafios, sempre com muito conteúdo. Além de participarem do programa de inovação aberta e aceleração, as startups também farão parte desse grande ecossistema aberto de inovação, que permitirá que elas criem conexões reais e que consigam crescer realmente”, ressaltou o coordenador da Venture Hub. 


Ao final da jornada do TechStart Hardwork, as startups da vertical participarão de Demo Days, em que apresentarão ao público, possíveis investidores e representantes de empresas as soluções que desenvolveram para as dores e desafios do setor.


Vantagens do programa para startups


Ao participarem do programa TechStart, as startups participantes estarão inseridas no ecossistema de inovação aberta da Venture Hub, composto por diversos atores, incluindo empresas, institutos de pesquisa, startups, investidores, CEOs e especialistas em inovação e tecnologia. 


Além disso, as startups também terão acesso à plataforma VH Academy e ao espaço coworking da Venture Hub, poderão acessar recursos e infraestrutura para o desenvolvimento de MVPs e POCs, networking com diferentes atores e conexão com investidores e fundos de investimento, dentre outras exclusividades. 


Vantagens do programa para corporates


Grandes empresas, institutos de pesquisa e organizações que têm interesse em participar do programa também terão benefícios, incluindo acesso a novos mercados e tecnologias disruptivas para os seus segmentos, assertividade na busca de soluções que atendam efetivamente as necessidades atuais e o desenvolvimento da cultura inovadora e a transformação digital nos times internos no startup way e outras vantagens.


Fonte: Logweb



Notícias Relacionadas
 CNT realiza pesquisa para avaliar o impacto das enchentes no Rio Grande do Sul sobre as empresas

24/05/2024

CNT realiza pesquisa para avaliar o impacto das enchentes no Rio Grande do Sul sobre as empresas

Para que a CNT (Confederação Nacional do Transporte) desenvolva medidas de apoio mais eficazes aos transportadores impactados pelas enchentes no Rio Grande do Sul, a Confederação está re (...)

Leia mais
 Estudo sobre frotas sustentáveis aponta inovação e investimento sem precedentes em momento de transição energética ativa

24/05/2024

Estudo sobre frotas sustentáveis aponta inovação e investimento sem precedentes em momento de transição energética ativa

Agora em sua quinta edição, o relatório State of Sustainable Fleets 2024, divulgado nesta segunda-feira (20), lança luz sobre um setor que está passando por um momento de transição ativa (...)

Leia mais
 JSL investe em simulador de direção para mais segurança dos motoristas

23/05/2024

JSL investe em simulador de direção para mais segurança dos motoristas

Com foco na segurança e treinamento de sua equipe de motoristas, a JSL, empresa com o maior portfólio de serviços logísticos do país, investiu R$ 2 milhões na aquisição de um simulador d (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.