25/02/2021

Campanhas nacionais elevam a conscientização

 Campanhas nacionais elevam a conscientização


O início da vacinação no Brasil estimulou a criação de campanhas de esclarecimento sobre a importância da imunização para brecar a pandemia. Desde janeiro, surgiram pelo menos três grandes movimentos de alcance nacional organizados por entidades das áreas de ciência e saúde, veículos de imprensa, associações e líderes empresariais.

A campanha Todos Pelas Vacinas foi lançada no dia 21 de janeiro com a hashtag #todospelasvacinas no Twitter e divulgação no Instagram, Facebook e TikTok. Inclui um site (www.todospelasvacinas.info) com ilustrações, vídeos, podcasts e conteúdo pedagógico para professores. É organizado por 19 grupos voluntários e entidades, , como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

A articulação no Twitter levou a hashtag da mobilização a ocupar a primeira posição nos trending topics da rede social, diz a biomédica Mellanie Fontes-Dutra, membro da Todos Pelas Vacinas e fundadora da Rede Análise Covid-19, ação nacional de pesquisadores para o enfrentamento da doença.

No site da campanha, o número de acessos acumulou 23,4 mil visitas, apenas cinco dias após o início do projeto. “O movimento reafirma o papel do SUS e a necessidade de se ouvir a ciência para planos de vacinação que tenham impacto.”

Um dos participantes da Todos Pelas Vacinas é o Blogs de Ciência da Unicamp, projeto de divulgação científica da Universidade Estadual de Campinas criado em 2015. Com conteúdo especializado sobre a covid-19, o canal viu a audiência disparar desde que se juntou à campanha.

A quantidade de acessos alcançou 106 mil visualizações em janeiro, diz Ana de Medeiros Arnt, professora do Instituto de Biologia da Unicamp e coordenadora do Blogs de Ciência. Somente no Twitter, a publicação on-line ganhou mais de mil seguidores em menos de duas semanas.

No último dia 14, foi apresentada a segunda fase da campanha Vacina Sim, do consórcio de veículos de imprensa formado por “ Folha de São Paulo ”, UOL, “O Estado de S. Paulo ”, “ O Globo ”, G1 e “Extra”. Inclui filmes, anúncios e ativações nas redes sociais. A estreia aconteceu durante o programa Fantástico, da Rede Globo.

O consórcio de imprensa surgiu em junho de 2020 para divulgar os números diários da covid-19 no país depois que o Ministério da Saúde tirou do ar informações sobre o avanço da pandemia.

No início do mês, a empresária Luiza Helena Trajano, presidente do conselho de administração do Magazine Luiza e do Grupo Mulheres do Brasil, que reúne 77,5 mil empreendedoras, lançou o movimento Unidos pela Vacina. Um dos objetivos é contribuir para que todos os brasileiros sejam imunizados até setembro.Prevê reuniões com os governos federal, estaduais e encontros com farmacêuticas, além da criação de alternativas de logística e aquisição de insumos. Cerca de 400 nomes ligados a empresas e entidades como a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) participam.

A Simpress, da área de outsourcing de impressão, aderiu à Unidos pela Vacina no dia 17, segundo o presidente da empresa, Vittorio Danesi. O executivo gravou um depoimento, distribuído na rede interna da companhia de 1,9 mil funcionários, sobre a vacinação.

“Queremos ouvir do governo de que forma o setor empresarial pode ajudar, seja na oferta de insumos ou na logística de entrega das doses”, diz Marco Stefanini, CEO global do Grupo Stefanini. A multinacional brasileira do setor de tecnologia tem mais de 25 mil funcionários.

O SAS Brasil, organização sem fins lucrativos que atua na área da saúde, também criou quatro vídeos educativos sobre a imunização. Duas novas produções devem ser divulgadas nas redes sociais da instituição este mês. “Na ausência de um programa nacional sobre o tema, organizações da sociedade civil precisam ocupar esse papel, conscientização da população, para garantir a adesão à vacina”, diz a médica Adriana Mallet, CEO e fundadora do SAS Brasil.

Notícias Relacionadas
 Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

13/06/2024

Estradas bloqueadas ainda retardam a retomada da indústria em RS

Indústrias no Rio Grande do Sul estão retornando paulatinamente a sua produção anterior às enchentes que assolaram o Estado no início de maio. Para uma retomada plena, no entanto, as emp (...)

Leia mais
 DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

11/06/2024

DHL Express anuncia investimento de R$ 23 milhões em novo Gateway no Aeroporto de Viracopos

A DHL Express está investindo R$ 23 milhões em um novo Gateway no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). Este novo centro de processamento de cargas importadas será o maior da DHL Expr (...)

Leia mais
 Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

11/06/2024

Tegma divulga Relatório Integrado sobre suas práticas ASG

Pelo segundo ano consecutivo, a Tegma Gestão Logística elaborou e apresenta ao mercado seu Relatório Integrado, relacionando em detalhes as ações desenvolvidas pela companhia em sustenta (...)

Leia mais

© 2024 ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos. CNPJ 17.298.060/0001-35

Desenvolvido por: KBR TEC

|

Comunicação: Conteúdo Empresarial

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.