Selo ABOL

« voltar para notíciasSeminário discute inovação na cadeia farmacêutica

O elo entre automação e saúde foi tema de evento realizado em São Paulo

O núcleo de Gestão em Automação e Tecnologia da Informação (GAESI), da Universidade de São Paulo (USP), em conjunto com os professores da Faculdade de Medicina realizaram ontem (8) o SETRM&2019 no auditório do Instituto de Radiologia do Hospital das Clinicas, em São Paulo. O evento foi gratuito e discutiu a “aplicação da Engenharia de Automação e da Tecnologia da Informação no suporte aos processos de negócio em todos os elos da cadeia farmacêutica, decorrente da Lei 13.410/16, bem como oportunidades para desburocratizar processos logísticos relacionados a insumos estratégicos da saúde”, segundo a organização.

A lei, sancionada em dezembro de 2016, criou um sistema nacional de medicamentos para que o governo controlasse a produção, distribuição e comercialização de remédios. “Em vigor há quase três anos, o processo de adaptação desse novo sistema já passou. Agora temos que discutir como aprimorá-lo com as novas tecnologias para melhorar toda a cadeia farmacêutica nacional”, afirmou a participante Adriana Oliveira, Diretora de Qualidade e Assuntos Regulatórios da RV Ímola, empresa de logística farmacêutica que atua em todo o Brasil.

Indústria 4.0

Sinônimo da quarta revolução industrial ou da Indústria 4.0, a automação é cada vez mais presente no dia a dia da farmácia. Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a expectativa é que, em dez anos, 15% das indústrias de todo o território nacional atuem no conceito da indústria 4.0, que se dá principalmente pela automação. Hoje, menos de 2% das empresas estão inseridas nesse conceito.

“O tema foi recorrente em quase todas as mesas, todos estão muito atentos ao investimento em tecnologia que a indústria farmacêutica nacional está fazendo”, afirmou o participante Fernando Sonoda, Gerente Operacional da RV Ímola. “O desenvolvimento tecnológico da indústria farmacêutica está intimamente ligado ao desenvolvimento da área da saúde no nosso país”, completou Guilherme Cunha, também Gerente Operacional na RV Ímola e que acompanhou o evento.

(Para upload de curriculum,
acesse o site via desktop)