Selo ABOL

Cliping de Notícias

Tegma é a melhor empresa no setor de Bens Industriais

O InfoMoney premiou nesta terça-feira as melhores empresas da Bolsa brasileira, com base num ranking exclusivo criado em parceria com o Ibmec, uma das principais escolas de negócios do país, e a empresa de informações financeiras Economatica. ver notícia (link externo)

Contratos no setor portuário vão gerar R$ 500 milhões em investimentos

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou, nesta segunda-feira (29/7), nove contratos de adesão de Terminais de Uso Privado (TUPs), e um contrato de arrendamento no Porto de Cabedelo (PB). A iniciativa vai garantir investimentos de mais de R$ 500 milhões e ampliar a movimentação de cargas nas regiões Norte, Sul e Nordeste. ver notícia (link externo)

Wilson Sons participa de operação especial em Paranaguá

Duas empresas do Grupo Wilson Sons participaram ontem, dia 29 de julho, de uma complexa operação no Porto de Paranaguá (PR). A Wilson Sons Rebocadores e a Wilson Sons Agência auxiliaram o navio Zhen Hua 26, da empresa chinesa ZPMC, na entrega de dois guindastes super post panamax ship to shore (STS), com altura de 115 metros e 1.500 toneladas cada. ver notícia (link externo)

Embarques brasileiros de suco desabam

Prejudicadas sobretudo pela menor demanda de União Europeia e Estados Unidos, as exportações brasileiras de suco de laranja confirmaram as expectativas e encerraram a safra 2018/19, em junho, com forte queda em relação à temporada anterior, quando houve aumento expressivo. O Brasil responde por cerca de 80% das exportações globais. ver notícia (link externo)

Brasil quer trabalhar por acordo abrangente com os EUA, afirma secretário de comércio exterior

O secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, disse ao Estadão/Broadcast que o Brasil vai trabalhar para firmar o acordo mais “ambicioso e abrangente” possível com os Estados Unidos. Na manhã desta terça-feira, 20, o presidente norte-americano, Donald Trump, disse que vai trabalhar em um acordo de livre-comércio com o Brasil. ver notícia (link externo)

Contratos no setor portuário vão gerar R$ 500 milhões em investimentos

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou, nesta segunda-feira (29/7), nove contratos de adesão de Terminais de Uso Privado (TUPs), e um contrato de arrendamento no Porto de Cabedelo (PB). A iniciativa vai garantir investimentos de mais de R$ 500 milhões e ampliar a movimentação de cargas nas regiões Norte, Sul e Nordeste. ver notícia (link externo)

Governo de São Paulo concederá 1.200 km de rodovias

Foi lançado no último dia 24, pelo governo do Estado de São Paulo, o edital de concorrência para a concessão de 1.273 quilômetros de rodovias do lote Piracicaba-Panorama. A parte que será concedida terá investimentos previstos na ordem de R$ 14 bilhões ao longo de 30 anos de contrato, sendo que cerca de R$ 1,5 bilhão deverá ser investido nos dois primeiros anos de contrato. ver notícia (link externo)

Terminal de Cargas de GRU Airport Cargo atinge 44% de market share de importação

O Terminal de Cargas (Teca) do Aeroporto Internacional de São Paulo, administrado pela GRU Airport Cargo, na cidade de Guarulhos, em São Paulo, Brasil, reforçou sua posição de principal complexo logístico aeroportuário do país ao atingir 44% de market share, em Junho de 2019, e 42% no primeiro semestre deste ano. ver notícia (link externo)

Governo pretende privatizar Porto de São Sebastião até 2022

A privatização do porto de São Sebastião pode estar mais perto de acontecer. O projeto de desestatização pode sair do papel até 2020, prevê o Ministério da Infraestrutura. O comunicado foi feito pela pasta na última sexta-feira (19). ver notícia (link externo)

Em dez anos, produção de grãos terá aumento de 26,8% no país

A safra de grãos para 2028/29 terá um aumento de 26,8% em relação aos números atuais e será de aproximadamente 300,1 milhões de toneladas, segundo projeção do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Embrapa. ver notícia (link externo)

Tabelamento do frete impulsiona crescimento de 18% da cabotagem

A tabela do frete instituída no governo Temer e editada, agora, na gestão Bolsonaro, com o objetivo de beneficiar os caminhoneiros, não trouxe o efeito esperado pela categoria desde 2018 e, ao contrário do que se imaginava, tem contribuído para a diversificação dos modais logísticos do Brasil. Moeda de troca para o fim da greve no ano passado, em 2019, segundo os caminhoneiros, a medida já não os paga o suficiente, mas elevou os custos dos produtores e forçou a busca por alternativas que tentam ganhar espaço frente à alta concentração rodoviária no País. De acordo com a consultoria Ilos, entre os meses de junho do ano passado e abril de 2019, o volume transportado entre portos da costa brasileira (cabotagem) apenas de contêiner cresceu 18,2%, percentual elevado a 21%, se considerado só o primeiro quadrimestre deste ano. ver notícia (link externo)

Operadores propõem novo acesso rodoviário ao Porto de Santos

O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (Sopesp) pedirá ao Governo do Estado a remodelação de uma via que poderá servir como um novo acesso ao Porto de Santos. Trata-se de um trecho de cerca de cinco quilômetros da SP-048 que não está contemplado nas obras da entrada da cidade. ver notícia (link externo)

(Para upload de curriculum,
acesse o site via desktop)