Selo ABOL

« voltar para publicaçõesABOL Participa do Fórum Permanente dos Transportadores Rodoviários de Cargas do MINFRA - Ministério de Infraestrutura

Prezados(as) Senhores(as)

Com satisfação e regozijo informamos termos sido convidados a integrar, como membros efetivos, o Fórum Permanente dos Transportadores Rodoviários de Cargas do MINFRA - Ministério de Infraestrutura, cuja primeira reunião do ano ocorreu no último dia 22/03/2019, as 15h00, na Sala Interativa do Gabinete do Ministro da Infraestrutura, na Esplanada dos Ministérios, Bloco "R" - 6 andar.

A reunião, exemplarmente conduzida pelo Secretário-Executivo do MINFRA, Marcelo Sampaio, teve, na composição da mesa diretora, o General Jamil Megid, Secretário Nacional de Transportes Terrestres do MINFRA e o Sub-chefe Adjunto de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, Fernando Moura, além de contar com executivos da ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres.

Assim como a ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos, fizeram-se presentes representantes de entidades patronais, como Pedro José Lopes, da ABTC - Associação Brasileira de Logística e Transporte de Carga; João Guimarães Bessa, da FETRANSCARGA -  Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro; Oswaldo Vieira Caixeta Junior, do SINDICAMP - Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas de Campinas e Região; Miguel Mendes, da ATC - Associação dos Transportadores de Carga de Mato Grosso; Newton Gibson, da ASSEMTRA - Associação das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Pernambuco, bem assim representantes da ONG M.N.C.B - Movimento Nacional dos Caminhoneiros(as) do Brasil.

Por parte dos autônomos, dentre seus membros, registramos o Wallance Landim "Chorão", da ABRAVA; José Fonseca, da ABCAM; Marcello, da ACAV; Eurico, do SINDICAM-PA; Itamar, da CNTTL; Vantuir, do SINDITAC-GO; Valdelino, do SINDICAM-DF, e Norival, da FETRANSBENS.

Com agenda propositiva, o Fórum dá salto qualitativo, passando a ser deliberativo, contando com a pluralidade do setor, e seus líderes, propiciando, certamente, análise e encaminhamento célere dos temas mais representativos para o setor.

Muitos temas foram abordados, ganhando destaque a preocupação de todos em relação aos cuidados que se deve dar aos familiares dos caminhoneiros nas empresas dos embarcadores para que haja local digno e seguro para abrigá-los durante as operações de carga e descarga, bem como o cumprimento do que reza a Lei do Caminhoneiro quanto aos pontos de parada para descanso. 

Também houve colocações quanto ao não cumprimento da Tabela de Frete Mínimos. Segundo dados da NTC&L, o descumprimento supera os 64%. Assim, algumas falas, chegaram a mencionar a possibilidade de nova paralisação dos caminhoneiros no dia 30/03 próximo futuro.

Posicionamento da ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logísticos:

A ABOL, tendo se posicionado por diversas vezes contrária à Tabela de Fretes Mínimos, por entender que fere preceitos constitucionais, impede a livre negociação, o livre mercado, vem, republicanamente, participando do debate em largo espectro. 

Entende outrossim, que o momento é de convergência, de integração em prol do desenvolvimento do país, não cabendo, portanto, movimentos isolados e ações setoriais individualizadas, dado que, o Brasil carece de união, de atitudes que permitam a retomada do crescimento econômico. Uma paralisação neste instante, em qualquer que seja o setor da economia, seria um verdadeiro desserviço à nação brasileira!

É mister registrar que, o departamento de Logística da ESALQ - Escola Superior de Agricultura - "Luiz de Queiroz", apresentará o resultado do estudo que lhe foi requerido pela ANTT em relação ao tema e que tem data prevista para o dia 10/04/2019. Adiantar-se à esta etapa, é uma atitude eminentemente premeditada.

Assim, aproveitando o relato da participação no Fórum Permanente dos Transportadores Rodoviários de Cargas do MINFRA, vimos nos posicionar desde plano, contrários à qualquer iniciativa que incite à paralisação de setores da economia, conclamando a todos os atores e partícipes do setor de logística e transportes de carga do país, a dedicarmo-nos estritamente a ações e causas que impulsionem o país rumo à retomada do desenvolvimento econômico.

Registrando nosso respeito e estima a todos os setores que compõem a atividade do transporte de carga e logística integrada do país, firmamos nossa crença no esforço comum, cooperativo, republicano, democrático e colaborativo em prol, exclusivamente, do bem estar e do crescimento do país!

São Paulo, 24 de março de 2019

Uma ótima semana a todos!

Carlos Cesar Meireles Vieira Filho

Diretor Presidente - ABOL


Link do Fórum Permanente dos Transportadores Rodoviários de Cargas do MINFRA

http://infraestrutura.gov.br/o-que-e-rss/17-ultimas-noticias/3087-minist%C3%A9rio-dos-transportes-instala-f%C3%B3rum-permanente-para-o-transporte-rodovi%C3%A1rio-de-cargas.html

(Para upload de curriculum,
acesse o site via desktop)